protegendo a proteção (ou a Microsoft não aprende)

13 fevereiro 2007

Em junho de 2006, o favorito aqui do Chá David Pogue escreveu um artigo para o NYTimes sobre o lançamento do OneCare Live, antivírus da Microsoft.

Ácido e divertido, Pogue pergunta à queima-roupa: “Por que o usuário deveria comprar um software da Microsoft para proteger outro software da Microsoft?”. E segue:

“Microsoft, the company whose inattention to security made antivirus software a necessity in the first place. “

Vale lembrar que os produtos da Microsoft são alvo tão freqüente de falhas de segurança, que a empresa se viu forçada a marcar um dia do mês apenas para divulgar correções – conhecido como Patch Tuesday.

Foram pouco mais de seis meses pra Microsoft provar a razão de Pogue. Nas primeiras atualizações após o lançamento do Vista, são seis os patches críticos, daqueles que, se explorados, trazem crackers pra dentro do teu PC.

Um deles é para o OneCare Live, exatamente o software que deveria proteger seu computador contra as falhas de software da Microsoft.

E pensar que Symantec, McAfee, Panda, Kaspersky, F-Secure e tantas outras chiaram quando a MS deu seus primeiros passos no setor…

2 Responses to “protegendo a proteção (ou a Microsoft não aprende)”


  1. Eu lembro desta frase… mas tinha visto no TWiT, acho que comentando este artigo do Pogue. Concordo totalmente, como confiar a segurança de um software em outro da mesma empresa?… hehehe!

    Ainda bem que eu não uso anti-vírus e nem firewall (!!)

    Falou!

  2. Fernando Cima [Microsoft] Says:

    Oi Guilherme,

    O dia mensal de patches na verdade foi definido para facilitar a vida dos clientes corporativos, que podem programar previamente o seu ciclo de testes e distribuição de atualizações (ninguém gosta de receber um boletím crítico na sexta-feira a tarde). Não há nenhuma relação com o número de patches lançados.

    Neste mês foi divulgado o primeiro e até agora único patch de segurança para o Windows Vista. Sem dúvida não é um fato a se comemorar e merecemos a sua crítica, mas um patch em quase três meses de produto não é também o que eu chamaria de “tão frequente”. Em especial se a referência forem os os outros sistemas operacionais no mercado.

    Abraço,

    – Fernando Cima


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • leituras por aí

  • Creative Commons License
    Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
  • Glog








  • o IDG Now! no seu blog

       IDG Now!

    var acc1 = new Spry.Widget.Accordion("Acc1",{ useFixedPanelHeights: false });
  • popularidade

  • Blog Stats

  • RSS Twitter

  • %d blogueiros gostam disto: