o Joost vai bem, o YouTube vai

22 fevereiro 2007

Dizer que o YouTube está em risco é arriscado – considere sua imensa popularidade aliada à ação do poderoso Google. Mas é o juggernaut do vídeo online vai se encaminhando para uma situação nada agradável.

Saiu nesta segunda o anúncio da parceria entre Joost e Viacom. O suposto ‘YouTube killer’ poderá transmitir – de graça – programas da MTV e filmes da Paramount Studios – mesmo que haja, nenhum dinheiro foi quantificado no acordo.

Mesmo ainda em Beta – versão 0.7 em testes, vá lá pedir seu convite -, o Joost já conseguiu o que o YouTube não tem: a benção de um conglomerado de mídia, enquanto o site do Google fecha uma série de acordos que, se “legalizam” a presença de canais no site, não apontam para nenhum modelo comercial sustentável.

Enquanto isto, o Google/YouTube vai queimando gordura. E dá-lhe gordura pra queimar da popularidade caso acordos semelhantes sejam fechados – colocar trechos do Letterman, como a CBS faz, não vale.

Outra coisa: assistir ao Joost é rebaixar o YouTube no quesito qualidade. No primeiro, as imagens fluem muito bem a ponto de, aliado a uma ótima interface, seu notebook parecer uma TV. Sem telas pequenas e granuladas.

OK, se o Joost abrir sem filtragens de conteúdo compartilhados, vai ter o mesmo problema legal. E o YouTube ainda é mais legal (não no sentido jurídico, por favor) pela quantidade de videos sensacionais – veja o Do YouTube deste blog.

Mas já são ótimos indicativos pros caras que têm Skype e Kazaa na corcunda.

O Joost ainda não tem data de estréia. Até lá, o Google tem espaço para provar que Mark Cuban não tinha razão.

9 Responses to “o Joost vai bem, o YouTube vai”


  1. Até o Joost bombar realmente, o YouTube poderá crescer mais ainda. Muita coisa ainda não foi mostrado no Joost.

  2. Cleyton Says:

    só uma coisa: enquanto se fala em joost, na minha opinião o q vai mesmo bombar serão programas como o tvants e o sopcast.
    por quê?!
    pelo simples fato de q nao fazem restrição quanto ao conteúdo ser ou não legal.

  3. Anok Says:

    Falando de Brasil.

    A “massa”(povão) daqui mal tem banda pra ver videos no youtube(Uma net de 400 fica uma #$%$#) quem diga pra esse Joost.

    Aqui não vai fazer sucesso. Igual o wallop

  4. gabrielcp Says:

    Cara, é um seguimento novo, dificil alguem desbancar alguem (por enquanto…)
    metacafé (e outros) vem crescendo muuito, mais nem por isso youtube perde audiencia… então um serviço desses serve para complementar o mercado, não para tirar o lugar de ninguem

  5. gfelitti Says:

    Pode, mas não dá sinais que vai, Tiago. Acordos limitados de publicação de conteúdo não salva a pele do YouTube.

    Só um problema, Cleyton: a hora em que programas como Sopcast e TVAnts incomarem grandes redes, elas deverão agir – lembre-se que os programas são para transmissão na TV, não na web.

    Anok, concordo plenamente.

    Não acho que o Joost vai matar o YouTube, Gabriel. Mas os caminhos que ambos vêm tomando demonstra que o Joost tem mais chances de se manter sem problemas legais.

    Abraços,


  6. […] Chá Quente: O Joost vai bem, o Youtube vai […]

  7. Marcelo Costa de Oliveira Says:

    O YouTube tomou um processo de 1 bilhão de dólares da Viacom. Vejam a notícia em:
    http://blogs.pcworld.com/techlog/archives/003870.html


  8. […] O Joost vai bem, o Youtube vai, via Chá Quente […]


  9. […] Outubro 1st, 2007 Hoje o Joost saiu dos testes limitados – qualquer um com banda larga pode baixar o software e testar a TV online que, dizem, poderá matar o YouTube. […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • leituras por aí

  • Creative Commons License
    Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
  • Glog








  • o IDG Now! no seu blog

       IDG Now!

    var acc1 = new Spry.Widget.Accordion("Acc1",{ useFixedPanelHeights: false });
  • popularidade

  • Blog Stats

  • RSS Twitter

  • %d blogueiros gostam disto: