o submarino e um homem ao mar

30 setembro 2007

encomenda_sub
Minha via-crucis com o Submarino acabou bem mal. Na tarde deste sábado, chegaram em casa dois pacotes com o CD e o livro acima enrolados em plástico-bolha, quase um mês após o pedido ser feito e três semanas depois o pagamento.

No Submarino, o livro está hoje com sete dias úteis de entrega, enquanto o CD já não está disponível. É difícil afirmar, mas não lembro do prazo para o livro ser tão grande quando resolvi comprá-lo – era o tempo de divulgação braba.

Ainda que fosse, o prazo não se justifica. Mas este não é o pior.

Durante as semanas, foram dezenas de tentativas de acessar o chat do Submarino para conversar com atendentes sobre o problema. Nas poucas vezes em que fui atentido e não rejeitado por uma janela de erro, eram trocadas duas frases com o atendente antes que o mesmo erro me jogasse pra fora.

Tentei com Firefox, Internet Explorer e Opera. E nada. Apelei para o telefone e, na boa, foram longos minutos ouvindo a maldita vinheta afirmando que eu seria atendido logo. Não deu, camarada, a paciência acabou antes.

Na quinta, me ligou uma atendente oferecendo um cartão de crédito do Submarino – ironia a parte, fui eu quem escrevi a nota quando ele foi lançado. Perguntei meio contrariado por quê eu iria usar um cartão de um serviço que não me atendia. Ela me passou o e-mail de atendimento e desligou sem qualquer enrolação de telemarketing.

Não estou sozinho nesta. Um colega de redação contou, em meio a um almoço, que uma máquina de lavar encomendada para quatro dias úteis demorou 17 dias corridos. É, a conta não bate. Não são só os mortais que têm problemas de vez em quando com o e-commerce.

Neste podcast, Pedro Guasti, presidente do e-bit, que certifica e cria pesquisas sobre o comércio eletrônico nacional, disse ter feito uma encomenda grande para passar o reveillon com amigos na praia num supermercado online. O pedido não chegou.

O que intriga, sinceramente, são os casos recentes do Submarino. Além dos atrasos no meu e no pedido do colega jornalista, um blogueiro relatou que comprou um Playstation 3 pelo Submarino e recebeu uma pedra (!!!) no lugar.

Na hora de desembrulhar pra fazer a foto que ilustra o post, notei que uma das embalagens tinha um selo que dizia “Presente”. Presente? Pra quem, cara pálida?

Isto é um registro de uma péssima experiência que tive como consumidor com um serviço de comércio eletrônico que, até então, tinha me servido por dezenas de vezes muito bem. Caso alguém aí tenha problema semelhantes, dá um toque nos comentários.

5 Responses to “o submarino e um homem ao mar”

  1. flávia d. Says:

    até qdo erram os americanos são móoooooointo melhores! uma amiga pediu uma máquina fotográfica digital e no lugar recebeu um laptop vaio, hehe.


  2. Eu parei de comprar no Submarino por um problema sério que tive no semestre passado. Descobri meio que em cima da hora que uma pessoa que tenho em alta conta estava prestes a fazer aniversário, então comprei uma câmera digital no Submarino para dar de presente. Mesmo sabendo que conseguiria comprar esse produto com preço menor, decidi adquirí-lo nesse site justamente por ter certeza de que receberia logo. Esse foi meu engano. Não recebi a câmera, embora o status do pedido no site estivesse como “entregue”. Eles demoraram quase 10 dias para reconhecer que houve extravio e eu só consegui meu dinheiro de volta após postar minha queixa no site http://www.reclameaqui.net (santo site, hehehe). Bom, quanto ao presente, entrei em contato com a Fast Shop, expliquei o meu problema, e consegui a câmera em tempo hábil, pagando certa de 100 reais a menos.


  3. seria resultado da aquisição pelas americanas?!

  4. Daniel Says:

    Tive problemas no prazo e no produto.

    sobre o prazo o motoqueiro afirmou ser uma briga e
    ntre a transfolha e o submarino. O submarino nao paga a transfolha o combinado e a transfolha segura o produto no deposito até o dia util seguinte ao prazo maximo para sacanear.

    E eu com isso???

    Ai pra piorar eu pedi um produto 220v e entregaram 110V. claro que só percebi isso bem depois que o motoboy já havia saido.

    Pior pra mim. Pois simplesmente nao consigo falar com niunguem do submarino, nem por e-mail, site, ajuda ao vio, telefone. nada!

    Nunca mais compra com eles. e olha que já comprei bastante tbem. Lamentável.

  5. X Says:

    Acho melhor alguém começar a investigar isso imediatamente, tem alguma coisa errada. Essa Transfolha praticamente MONOPOLIZOU os serviços de entrega que antes eram realizados pelos Correios!!! Carrefour, Saraiva, Submarino, Americanas.com, todas essas empresas contrataram a tal da Transfolha e agora têm inúmeros problemas com entregas atrasadas, pacotes violados,etc. Tem alguma coisa muito errada!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • leituras por aí

  • Creative Commons License
    Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
  • Glog








  • o IDG Now! no seu blog

       IDG Now!

    var acc1 = new Spry.Widget.Accordion("Acc1",{ useFixedPanelHeights: false });
  • popularidade

  • Blog Stats

  • RSS Twitter

  • %d blogueiros gostam disto: