amazon mp3, a primeira loja de e-música brasileira

2 outubro 2007

Talvez não na velocidade que os goianos do MQN queriam com seu Fuck CD Manifest, divulgado no começo do ano, mas os preços de música física estão caindo absurdamente rápido.

O modelo praticado pela querida Neto Discos, que oferece catálogos de música nacional e bandas cult por preços que variam entre R$ 6 e R$ 16, vem sido aplicado em dinossauros do varejo, como Americanas, FNac, Extra e mesmo Submarino, o que coloca até mesmo em xeque o modelo de CDs limitados que Universal e EMI testam no país.

Minha impressão, fartamente aproveitada nas liquidações, foi confirmada em entrevista com Felipe Llerena, o fodão do iMúsica, principal serviço de música digital no Brasil hoje – CDs até os 20 reais são fartos hoje como naqueles tempos de baciadas nas Lojas Americanas.

A enrolação acima é pra dizer que, no sábado, comprei meu primeiro álbum digital pelo novo serviço de MP3 do Amazon, o AmazonMP3 – outras canções separadas já tinham sido levadas pra casa naquelas promoções da DeckDisc.

Você baixa um software, escolhe o CD, digita os dados do cartão de crédito, mente dizendo que mora nos EUA e, pronto, o CD começa a ser baixado no seu desktop e é integrado automaticamente no iTunes.

Já tinha o “OK Computer”, do Radiohead, baixado do torrent, é bem verdade, mas comprei sua versão oficial. A comparação de qualidade é injusta: 128 Kbps pro torrent, 282 Kbps para Amazon e isto não é propaganda minha – se você procurar direito, pode encontrar encodings com qualidade similar ou melhor por aí.

Ironicamente, a compra foi dias antes do Radiohead anunciar no seu site que venderia seu próximo CD pelo preço que o usuário estivesse disposto a pagar pela web – confere o Trabalho Sujo nesta.

Além de conseguir comprar (não tenho cartão de crédito dos EUA, benhê), o AmazonMP3 se apresenta como a primeira alternativa realmente palpável de comprar música digital no Brasil – sem DRM, com um preço justo (só reze pro dólar não explodir) e um processo fácil.

Um álbum (todos os simples e alguns duplos) é 8,99 dólares, enquanto canções separadas são 0,89 dólar. Claro, há discos mais caros – em sua maioria, boxsets especiais com vários CDs.

Moral da história: gastei 9 dólares pra ter um CD que já tinha baixado com qualidade melhor. E, sinceramente, não me sinto um otário.

Dá pra aproveitar o post ainda pra fazer uma observação represada há meses: incrível como quem gosta de jazz se dá bem comprando digital.

Como o sistema de cobrança é por canção, e CDs do estilo costumam ter menos faixas que outros, álbuns fodões de jazz saem por bem menos que suas versões físicas lá fora ou aqui dentro mesmo pela UOL MegaStore.

2 Responses to “amazon mp3, a primeira loja de e-música brasileira”

  1. Paulo J. S. Silva Says:

    Cara,

    Teste emusic: http://www.emusic.com. Não tem as grandes gravadoras, mas tem quase tudo de sele independentes e uma ampla gama de música clássica (tudo da Naxos está lá) e também de Jazz (já peguei joias raras por lá). Outro ponto forte é a música eletrônica. A loja de música digital funciona por meio de assintaura (US $ 9,99 por 30 faixas por mës, eu que tenho assinatura antiga ganho 40 faixas, dá para uns 3 cds) e aceita clientes brasileiros. Há apenas ulgumas restrições de CDs que não podem ser baixados no Brasil, por exemplo um dos CDs do Seu Jorge que estão dsponíveis lá não podem ser baixados, assim como os cds do Belle and Sebastien (que é representado aqui pela Trama).

  2. Sandro Dall Onder Says:

    Como assim! Eu já tentei diversas vezes comprar na Amazon e simplesmente não consigo pois aparece uma mensagem dizendo que o serviço so está disponivel para os EUA. Não entendi.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • leituras por aí

  • Creative Commons License
    Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
  • Glog








  • o IDG Now! no seu blog

       IDG Now!

    var acc1 = new Spry.Widget.Accordion("Acc1",{ useFixedPanelHeights: false });
  • popularidade

  • Blog Stats

  • RSS Twitter

  • %d blogueiros gostam disto: