o Google gasta US$ 3,1 bi para ganhar mais

17 abril 2007

Talvez pela empresa desconhecida ao grande público ou pelo ingrato horário que foi divulgada (sexta-feira à noite, quem lê notícia de tecnologia?), uma nova compra do Google repercutiu menos do que devia.

Fora a quantia – quase o dobro dos US$ 1,65 bilhão gastos com o pop YouTube -, a aquisição da DoubleClick por nada menos que US$ 3,1 bilhões indica um novo passo do gigante (também) da propaganda online para aumentar sua fatia.

A competição era tamanha que a Microsoft, recém-entrada com uma mão na frente e outra atrás, alegou violações de negociações na compra, a maior já feita pelo Google, nesta segunda.

A compra aumenta a rede de grandes companhias que vendem anúncios pelo Google, além de potencializar o setor de banners do gigante de buscas para bater de frente com o Yahoo – única categoria onde este ainda levava vantagem.

Haverá mais anúncios, o que tornará os leilões do AdSense ainda mais competitivos com a entrada de grandes empresas. Haverá integração de ferramantas dos diferentes tipos de propaganda online, como os bons e velhos relatórios de entrega de banner unificados aos de links patrocinados.

E, mais que isto, haverá mais dinheiro no bolso do Google – juntos, fundadores e o CEO do Google valem mais que Bill Gates.

Pra entender melhor a crescente ferocidade do mercado de publicidade eletrônica, duas sugestões: vá primeiro ao excepcional “The Quest for the Perfect Online Ad”, de Paul Sloan, e depois a “How Yahoo Blew It”, em que Fred Vogelstein explica como o mercado de anúncios online escapou das mãos do Yahoo.

Update: Sílvio Meira também escreve sobre o tema, focando na “vitória” do Google sobre Yahoo e Microsoft na compra.

Já o analista David Hallerman escreve para o e-Marketer sobre um possível monopólio do Google no mercado de anúncios eletrônicos.

Achou US$ 3,1 bilhões muito? Só o mercado dos EUA de publicidade online vai movimentar US$ 19,5 bilhões – o faturamento do Google será o dobro do que ele gastou.

Veja o excepcional gráfico abaixo pra entender o problemão de Yahoo e Microsoft.

grafico_propaganda

 

Dá pra entender por que até o Google Brasil pode se dar o luxo de cogitar a compra de um PlayStation 3?

Anúncios

2 Responses to “o Google gasta US$ 3,1 bi para ganhar mais”

  1. Melão Says:

    E foi numa sexta-feira 13.
    Na semana que passou eles fecharam o 1º tri com US$ 1 bi de lucro líquido! Ainda vai rolar muita coisa… em agosto, mês do cachorro louco, pode ser que eles anunciem alguma aquisição. Possivelmente na Coréia!

  2. gfelitti Says:

    é. neste ritmo, eles vão anunciar a compra da Coréia. ou a compra de uma usina de enriquecimento de urânio para competir com o Kim Jong Il.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • leituras por aí

  • Creative Commons License
    Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
  • Glog








  • o IDG Now! no seu blog

       IDG Now!

    var acc1 = new Spry.Widget.Accordion("Acc1",{ useFixedPanelHeights: false });
  • popularidade

  • Blog Stats

  • RSS Twitter

  • %d blogueiros gostam disto: